Welcome to blog da Nigohyu. Aqui você encontra uma série de coisas interessante (isso só ela acha), assuntos variados (vulgo repetitivos) e com uma grande frequência de postagens (uma vez a cada 4 anos). Só não ensinamos a fritar ovo pois de fato nem a gente sabe. love u
SOBRE SEGUIR

LOLITA está para romance, como criança está para arma

♥De acordo com nosso amigo Wikipédia: Lolita é um romance de Vladimir Nabokov, escrito em inglês e publicado em 1955 em Paris, em 1958 na Cidade de Nova Iorque, e em 1959 em Londres. O romance é notável por seu assunto controverso: o protagonista/narrador não confiável, é um professor universitário de Literatura de meia-idade chamado Humbert Humbert (sim, dois nomes iguais), que está obcecado por Dolores Haze, de 12 anos, com quem ele se torna sexualmente envolvido após se tornar seu padrasto.♥

Agora, como sou uma bela garota envolvida em um sentido que NÃO consegue ficar sem opinar sobre, eu estou aqui escrevendo com o intuito de tentar esclarecer sobre tudo o que eu NÃO entendi sobre a obra e, tudo o que eu não digeri em nenhum momento sobre a mesma. Lembrando que eu não contarei aqui somente minha opinião, pois sei que muitos podem concordar comigo.

A primeira vez que li esse livro eu tinha 14 anos de idade; conhecido por parte de minha própria mãe que o tinha a anos. Minha progenitora, na época, fazia pedagogia e psicologia (estudando o comportamento jovem e social) durante 1 anos ─ ela nunca terminou, pois desistiu da faculdade ─ e um de seus trabalhos escolares era fazer uma analise de estudo sobre a obra de Vladimir (lolita). Creio que ela me disse ter começado a lê-lo, mas ainda sim não o terminou, fazendo-o mofar na estante. Com apenas 14 anos anos, decidi que iria começar a lê-lo pois a sinopse me chamou a atenção (assim como um site pornô chama a atenção de um garoto) e antes de abrir a primeira página, fui me precaver do conteúdo. Ou seja: #partiuWikipédia.



Já não basta esgarrar uma plataforma cheio de editoriais que deixa toda a história contada dos pés a cabeça, ainda ter uma miúda sem nenhum neurônio maduro na cabeça estar lendo-o.

Lolita é, sem sem sombra de duvidas, uma obra extremamente envolvente. Nabokov deixa aquela artimanha de deixar-te só terminar de ler, porquê quer saber do que se trata e onde aquilo tudo vai dar. Não é a primeira vez que um excelente escritor faz essa técnica. Outras obras dele são a principal fonte de afirmação sobre esse feito. Mas vemos que Lolita está para romance, assim como arma está para criança. NÃO TÁ CERTO ISSO CARA!

Serei breve e vaga aqui: Lolita foi sim uma romantização de um assunto delicado e que de forma alguma seria interpretado na vida real como o livro. Já estará cansado de enfatizar a questão de termos um narrador NÃO confiável. Para aqueles que já se mergulharam nas obras de Agatha Christie sabem exatamente o que quero dizer.

Esperar que alguém sã venha para dar umas boas biscoitadas na cara de quem acredita que seja "um adorável romance não compreendido", é esperar que alguém expanda sua cabecinha fútil e sem um pingo de maturidade. Lolita jamais será um livro para uma criança ler, isso é fato, ainda que, até a mais sábia das pessoas conseguirá transformar uma história doentia num romance cheio de arco-íris e flores ao vento com música do Ponei Maldito ao fundo.

Humbert conta, que Dolores é a imagem de uma menina provocativa, que faria tudo para ter o que quer. Vemos, tanto no filme quanto no livro, Dolores dando sempre o primeiro passo para tudo, deixando Humbert na saia justa, encrencado e sem saída. Agora diga-me: quem diz isso? Quem está na saia justa, encrencado e sem saída de verdade? Um homem de 40 anos de falta de vergonha da cara, ou uma criança, que por mais peste que seja, ainda é uma criança?

•Jamais conseguimos ver a versão de Dolores sobre toda a situação, onde tudo é relatado pelo 'abade' Humbert que diz amá-la sem estorvos.

Agora, deixe-me esclarecer da forma mais rebuscada possível: Pedofilia, assédio e estas batatas todas é assunto sério! Uma criança que já tenha passado por uma situação decadente como esta, está propensa a ter sua vida inteira destruída; jamais ache que uma forma de escrever uma fanfiction onde haja uma rapaz mais velho desejando uma menor de idade para cobrir seu desejo de casar-se com o professor bonitão. Afinal, uns aninhos a menos sempre ganha mais views, certo? Certo. Mas veja só seu maravilhoso publico alva: a maior parte são menininhas 13 anos de idade.

•Jamais tente amenizar a situação pondo um pouco de romance, isso nunca será amor. Amor romântico é ver duas pessoas felizes, cuidando de suas vidas de forma madura. Quando envolve-se crianças, meu querido, é a situação mais inútil que está se incluindo.

•Jamais acoberte essa situação. Isso precisa de denuncia, não de uma romantização.


11 comentários:

  1. Wooooooool. Que tapa na cara, hein?
    Eu leio fanfics mas sinceramente eu nunca li uma fanfic com o casal muito diferente de idade, o máximo foi 17 x 24.
    Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro e eu fiquei com uma baita vontade de ler, mas agora que terminei o teu post decidi que melhor não.
    Gostei do teu post, é um bom aviso, apesar de tudo.
    margineus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é~ eu já li muito fanfic assim, graças a Deus, elas foram até retiradas da plataforma por violar o as regras. Eu lia e me divertia, mas olha, eu tinha uns 12 anos e não tinha nada alem de merda na cabeça kkk Eu conheci ele através dos animes lolicon e tipo, eu tava vendo pokemon e do nada vi um artigo falando sobre de onde surgiu o termo "lolicon". Aí, como eu era toda virada na curiosidade, fui ler o livro já que u já o tinha na estante. Bem, ele é um bom livro tirando o enredo, o autor é muito renomeado e recomendo ler outros romances deles que são excelentes.

      Obrigada pela visita♥

      Excluir
  2. Oláááá, que blog lindo o teu *-* obrigada pela visita que fez lá no meu blog xD

    Ah, eu li esse livro no ano passado porque também fiquei curiosa - vira e mexe o título aparecia em listagens ou postagens sobre livros polêmicos e livros que deveríamos ler e tals - e entendi o alvoroço das pessoas diante da temática dele. Há muitas cenas e pensamentos repugnantes por parte desse narrador não confiável, que interpreta uma obsessão suja como sendo amor. E concordo com o que você escreveu no seu post, há muitas fanfics romantizando esse tipo de coisa, o que é errado, muito errado.
    No caso do livro, muitos vão alegar (como o próprio narrador fez) que Dolores era a culpada porque de certa forma se insinuava, mas ela era apenas uma criança que não tinha conhecimento sobre o que poderia acontecer num relacionamento. Quando se é muito novo, tudo o que se conhece é apenas a parte rasa das coisas e não o todo. Uma criança pode achar legal agir como adulta, por exemplo, por não saber realmente como a vida de um adulto é. O mesmo aconteceu com Dolores, que talvez achasse interessante ser desejada e admirada por homens mais velhos, mas que não sabia as consequências de ser tocada e essas coisas... Enfim, o narrador é um doente, neah?! Pedófilo que enxerga as crianças de forma erradíssima e que se aproveita dos outros pra conseguir o que quer.
    É um livro bom, apesar do tema, mas não é um dos meus preferidos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada ^w^

      Sim, eu achei este livro procurando gêneros de animes, fui parar em 'lolicon' e li uma curiosidade de um internauta em um artigo sobre a proibição do lolicon e shotacon nas bancas japonesas, dizendo de onde derivou-se o termo lolita. O próprio autor manisfesta o errado que se é retratado na obra, mas mesmo assim, o que me deixou p da vida, foi os internautas o considerem um 'romance'.

      Realmente, quando mais nova eu era louca por querer casar com um garoto mais velho que eu (sei lá, chamar de oppa). Mas são coisas bem fúteis, e como uma pessoa jovem, tem nada na cabeça alem de vento. A cada letra que eu lia, era uma vontade de tacar o livro na parede, mas como a escrita de Vladimir era um puta lacre, eu quis terminar pra ver até onde aquele barco ia. ─ e sim, Humbert era um escroto.

      Repetindo, Vladimir é um ótimo escritor (não me surpreende ser sinestésico), mas igualmente, não é um dos meus livros favoritos justo por conta do tema.

      ♥obg pela visita~

      Excluir
  3. Olá, td bom?
    Muié, eu nunca li o livro ou vi o filme. Mas morro de curiosidade... Pasmem, apesar de ser, para mim, algo nojento ver uma criança com um velho, a palavra lolita me seduz e eu sempre quis ser uma '-' - desculpa ai sociedade, mas eu sempre quis mesmo, e quando era mais nova (e mais burra tbm) e ouvi falar desse treco eu fiquei me fantasiando com um cara mais velho, já q sempre tive uma queda por caras mais velhos.
    ~morrida com "[...]flores ao vento com música do Ponei Maldito ao fundo."~
    Tirando essas babozera q eu disse, eu concordo plenamente com tu! Me dando com exemplo!
    Eu queria ~as vezes ainda quero... Existe lolita maior de idade muié? Sou leigo nessas paradinha tudo...~ ser essa mina e ter um cara ais velho etc. Mas nunca aconteceu e eu tbm nunca corri atras disso pois mesmo querendo sempre tive a consciência de que é errado. Agora imagine se eu fosse cabecinha de vento igual a juventude de hj em dia?!?!?! Aposto q tinha dado merda...
    Em fim... Eu devo ter falado muita merda nesse comentário. Agradeceria se me dessa uma aula para saber mais sobre lolis, para fins acadêmicos é claro hehe ~tô brincado, calma.~
    bjs

    Instagram | NOVO SORTEIO! | VSCO com todos os filtros! | Facetune de graça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mds, eu como sempre atrasada pra responder rhshhss Olá, to bem sim >3<
      Bem, isso é normal. A temática do livro que romantiza é realmente macabra e me enoja pq envolve uma criança e isso que é o errado pra mim, mas o termo "ser lolita" não é motivo de vergonha quando se é já um adulto. Lolita que se refere é inteiramente um estilo de se vestir. Aquelas meninas que parecem cosplays de animes fofos parecendo umas bonequinhas, estas são as lolitas legitimas. Mas, não é de praxe, mas acho (só acho) que está a querer ser um... Babygirl? Não? kkkk sei lá o q to dizendo.

      mas não é vergonha alguma dizer que gosta de caras mais velhos e ão há nada de errado, afinal, vc já é ~abre aspas~ ''Adulta'' ~fecha aspas~ e sabe o que quer. Esta coisa de babygirl é mais complexo, como uma pessoa curiosa, fui pesquisar e vi que é um Ageplay legitimo, um estilo de vida. As vezes um pouco bizarro, mas tipo, são dois adultos que querem, então vou fazer o que? ;u; O termo lolita foi tirado deste livro, mas especificamente "ninfeta": derivado de ninfa (que eram 'amantes' dos deus antigos) uma versão mais jovem delas.

      Não posso falar mito sobre, já que sou leiga tbm nesse assunto. kkk

      bj♥

      Excluir
  4. Muito bom o blog Nigo!! Não conhecia o livro nem o autor mas olha... Esse tema é tenso hein!

    Obs: Quis comentar aqui^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heslou 😅
      Sabe. Eu acho que seria bom se vc quiser ler o livro, a escrita é ótima para quem esta querendo dar uma variada na formação ortográfica e desembalo de enredo.

      Minha filha, blog, postagem, krai a 4... Não importa ok kkknkk 😁

      Excluir
  5. Uma amiga me recomendou lolita, só que eu não acho que conseguiria ler. Ela me disse a respeito da pedofilia e esse fator me revolta muito, então seria bem tenso pra eu ler. Mas vai que um dia desses eu tento? -q

    Gostosuras ou travessuras?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, quando eu o li pela segunda vez, fiquei apreensiva. Mas, como disse, se não fosse este tema tão horrível, o livro ganharia meu respeito, já que a escrita do autor é maravilhosa.

      Excluir

Tentei ser normal, mas não consegui, eu tenho que soltar a franga:

❀Faz o que tu quiser da vida nesse comentário;
❀BUT, tá ilicitamente proibido ofender outros leitores!
❀Se chegar dando a louca com eles, o pau vai comer. nois manja das artes dos paranauê ¬¬ #rimou
❀Divulgação aceitamos, nem precisa comentar nada do post. PORÉM, entrará pra nossa lista de "Trouxas" #ignorada ;D.
❀Se quiser descontar sua raiva com palavões sobre nossa pessoa, vai em frente, mas não me responsabilizo pelo Jutsu Thug Life que receber. não ofenda a Uni que a Nigo não gosta! E se quiser ficar com dentes, não ofenda a Nigo, que a Uni não gosta :*

by Nigohyu - Créditos